Santiago Molina

Santiago Molina
Diretor Administrativo para a Europa

BIOGRAFIA

Como Diretor Administrativo para a Europa, Santiago é responsável geral pela originação, operações e gestão de ativos na Europa.

Antes de ingressar na Sunco, Santiago foi Diretor de Finanças Estruturadas e Fusões e Aquisições na FRV (Fotowatio Renewables Ventures) para as regiões do Oriente Médio e África, onde desenvolveu uma parceria chave com IPPs (produtores independentes de energia) de confiança, instituições financeiras e desenvolvedores locais.

De 2014 a 2016, foi Gestor Sênior de Dívidas e Participações Societárias na SunEdison, cobrindo transações na Europa, Oriente Médio e África (originação, estruturação e execução de operações de fusões e aquisições e financeiras de projetos)

De 2007 a 2014, trabalhou no departamento de Finanças Corporativas da PwC, cobrindo tanto atividades de fusões e aquisições quanto de captação de recursos em várias transações dentro do setor de infraestrutura.

É formado em Administração de Empresas pela Universidad Pontificia Comilllas (ICADE – E-2).

REALIZAÇÕES

  • 13 anos de experiência no setor de infraestrutura e energia renovável.
  • Premiação PPA com Redes Elétricas da Armênia (ENA) para uma usina fotovoltaica de 60MWp na Armênia. Líder na submissão de propostas e no processo de financiamento.
  • Premiação PPA com Autoridade Hídrica da Jordânia com um projeto de energia solar de 67MWp. Líder na submissão de propostas e no processo de financiamento.
  • Líder na coordenação de várias licitações públicas: Komombo – Egito, SEC – Arábia Saudita, DEWA – Emirados Árabes Unidos.
  • Responsável pelo financiamento de 3 projetos de energia fotovoltaica solar de 66,6 MWp cada, com investimentos estrangeiros diretos (entre outros: IFC, BERD, Finnfund, FMO e Proparco).
  • Aquisição de 2 projetos (66,6MWp cada) concedida na Rodada 2 do Esquema de Proposta Direta na Jordânia.
  • Fechamento financeiro de 478MW, distribuído em 15 usinas fotovoltaicas no Reino Unido.
  • Contratos de compra de energia bilaterais privados de 478 MW no Reino Unido.
  • Consultor de um grupo espanhol de concessões e construção na venda de seu portfólio de rodovias pedagiadas no México.
  • Consultor de uma empresa privada (gestão de várias linhas do metrô de Madri) no seu processo de refinanciamento de dívidas.
  • Consultor de um licitante no processo de licitação de Aguas del Ter – Llobregat, Espanha.